Início Notícias Resiliência no mundo atual: sem esta competência você terá reduzidas possibilidades de...

Resiliência no mundo atual: sem esta competência você terá reduzidas possibilidades de sucesso

COMPARTILHAR

Do conceito da física, que afirma que todos os corpos materiais tendem a voltar ao seu estado original, o conceito de resiliência está muito presente no cotidiano das empresas e tornou-se uma competência indispensável para se ter sucesso nas empresas.

Ser resiliente é saber lidar com problemas seus ou organizacionais, em qualquer situação, encontrando alternativas e enxergando sempre oportunidades para alcançar o seu propósito. O profissional resiliente é altamente engajado com os propósitos empresariais, não trazendo para o seu ambiente frustrações, mesmo porque já soube como ultrapassá-las.

O primeiro passo para adquirir essa competência é tentar se conhecer melhor. Não existe a possibilidade de um profissional mudar a forma de reagir perante determinada situação se não souber como reagir. Portanto, a sugestão para o desenvolvimento dessa habilidade é passar por um processo de autoconhecimento através do investimento num programa de coaching. Há de se fortalecer contra os pontos fracos.

Através de um coaching algumas atitudes o profissional deverá praticar no dia a dia:

  • Encarar mudanças como oportunidades: Aceitar que a mudança é uma oportunidade de crescimento e de melhoria. Não se fazer de vítima. Ainda que a situação seja complicada, é possível aproveitar o momento para amadurecer de maneira muito mais rápida.
  • Ter autoconfiança: Esse comportamento está relacionado à segurança para enfrentar diversas situações. Há de se acreditar ser capaz de superar os desafios.
  • Sair da zona de conforto: Evitar o comodismo intencionalmente através de experiências que promovam novas possibilidades em sua vida. Desafiar-se a si mesmo. Essa prática permitirá que se pense diferente e se tenha novas crenças a respeito daquilo que se deseja.
  • Ouvir a opinião dos outros: Saber ouvir opiniões diferentes e aceitar críticas é outro ponto que ajuda a fortalecer a resiliência.
  • Ser flexível: Ter flexibilidade é ser capaz de se adaptar. Quando não se conseguir, tentar identificar quais são os limites e o que pode ser feito para ultrapassá-los.
  • Listar as coisas que deem ânimo: Pensar em todas as coisas que mais se gosta de fazer, como assistir um filme, praticar um esporte ou frequentar determinado lugar. Ter essa lista sempre à mão tornará mais fácil saber o que fazer quando se sentir desmotivado.
  • Cultivar boas relações: Manter relacionamentos com familiares, amigos e colegas de trabalho que sejam significativos. Conversar com pessoas que se gosta e que se sente à vontade para falar sobre suas dificuldades promove bem-estar e saúde psicofísica.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here